Sentença Vestido de Baile

Trata-se de uma sentença proferida em ação de indenização por danos morais em decorrência do fato da autora ter sido barrada na entrada de um baile de gala por não estar com traje a rigor.

  1. #1 por Amariole Tais Marmet em 20 de abril de 2011 - 07:51

    Bom dia!
    Primeiramente gostaria de parabenisar vossa excelência, pela postura perante o ato julgado acima , gostaria de um dia, como estudante de direito e ainda leiga pela pouca experiência, conseguir alcançar tal grau de visão de um caso tão repugnante quanto à esse , é triste o quanto a nossa sociedade é falha em todos os sentidos, pessoas lotam o poder judiciário com fatos irrelevantes como esse supracitado, visando apenas gozar de uma boa oportunidade para proveito financeiro.
    Se todas as pessoas tivessem essa visão, de que o mundo não são só danos morais, com certeza a sociedade não estaria tão repleta de problemas e o poder judiciário não estaria o holocausto que se encontra.

    • #2 por Lédio Rosa em 20 de abril de 2011 - 19:04

      Amariole, tenho certeza que farás coisas bonitas, inclusive melhores. Um abraço e obrigado.

    • #3 por Lédio Rosa em 24 de abril de 2011 - 00:50

      Amariole, dano moral não é um mau em si, pois a honra, um valor simbólico, deve ser respeitada. A questão é qual e como. Um abração e obrigado pelas palavras.

  2. #4 por Juvenal Soares em 23 de abril de 2011 - 23:04

    Olá Dr.Lédio ! A sua sentença foi lida em sala de aula por nossa professora de Sociologia do Direito, aqui na Uniasselvi de Blumenau. Espetacular ! Vários Juízes….várias sentenças…..mas só uma CAPACIDADE como Vossa Excelência pode proferir uma sentença com tamanho alcance, pelo cunho jurídico e sensibilidde social que nos leva a reflexão. Eu e alguns colegas objetivamos ser magistrados. Mas chegar ao seu nível de conhecimento…pra nós será a coroação da vitória no Direito. Parabéns !!!!!

    • #5 por Lédio Rosa em 24 de abril de 2011 - 00:49

      Obrigado Juvenal. No estudo podes garantir teu futuro. Um abraço.

  3. #6 por Dr Rivaldo Ribeiro em 8 de janeiro de 2014 - 13:01

    parabéns pela sentença do vestido de baile !

    • #7 por Lédio Rosa em 8 de janeiro de 2014 - 20:20

      Obrigado. Já faz tempo.

  4. #8 por Lívia Reis em 15 de agosto de 2015 - 21:18

    Nossa! Que sentença incrível! Parabéns!

    • #9 por Lédio Rosa em 10 de setembro de 2015 - 20:50

      Muito obrigado Lívia

  5. #10 por Lucas Barbosa Rosa em 25 de novembro de 2015 - 10:05

    Vossa Excelência, o senhor fez história!
    Sua sentença foi lida inclusive em sala de aula de Filosofia do Direito ao discutirmos sobre o valor social do Judiciário!
    Não pensei que fosse possível lhe dar os parabéns, o senhor merece.
    Espero poder dar os parabéns pessoalmente algum dia.

    • #11 por Lédio Rosa em 28 de novembro de 2015 - 20:13

      Lucas muito obrigado e será um prazer recebê-lo. Abraço.

    • #12 por Lédio Rosa em 13 de abril de 2016 - 23:33

      Obrigado Lucas.

  6. #13 por Camila em 8 de abril de 2016 - 15:32

    Minha professora de Introdução ao Estudo do Direito, em uma das primeiras aulas do curso, leu esta nobre sentença aos alunos.
    Muitas vezes me vi descontente e descrente com a profissão que escolhi. Porém, mesmo após dez anos, ainda me sensibilizo com a perspectiva humanística da decisão, tamanho ensinamento é um verdadeiro bálsamo e inspiração. Obrigada.

    • #14 por Lédio Rosa em 13 de abril de 2016 - 23:33

      Muito obrigado Camila. Espero que sejas feliz na profissão.

(não será publicado)